CNJ recomenda que juízes não se manifestem sobre política durante as eleições

00:59 Política, Notícias 06/10/2018 - 12h58 Brasília Embed

Dayana Vitor

Neste primeiro turno das eleições, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomenda que os juízes de todo o Brasil não emitam manifestações políticas nas redes socais, na imprensa e não participem de manifestações públicas. A única exceção é para membros do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

A orientação do corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, foi divulgada em nota. O objetivo é resguardar a imagem da magistratura brasileira.

 

Segundo o magistrado, a Constituição Federal e a Lei Orgânica da Magistratura Nacional proíbem o envolvimento de juízes com a política.

 

O texto divulgado pelo CNJ afirmou que a medida também serve para evitar que magistrados pratiquem atos que possam ser caracterizados como infração disciplinar, passível de instauração de procedimento administrativo no órgão.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique