Haddad pede respeito aos eleitores que o apoiaram e assume oposição ao novo governo

02:27 Política, Notícias 28/10/2018 - 23h55 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

Assim que foram divulgados os primeiros resultados, o clima de tristeza se instalou no QG montado em um hotel da Zona Sul de São Paulo, onde o candidato do PT Fernando Haddad, acompanhou a apuração.


Ele ficou o tempo todo em uma sala reservada e só depois do pronunciamento de Bolsonaro é que apareceu em público.

 

Antes de começar a falar, houve um minuto de silêncio em memória a vereadora do Rio de Janeiro, Mariele Franco, assassinada em março, Moa do Catendê, mestre capoeirista morto a facadas em Salvador logo depois do primeiro turno e Charlione Lessa Albuquerque, o jovem que foi assassinado no último sábado (27), em Pacajus, no interior da Paraíba durante uma carreata em apoio ao petista.


Em seu pronunciamento, Haddad assumiu o lugar de oposição.

 

Pediu respeito aos 45 milhões de eleitores que não votaram em Jair Bolsonaro, elogiou o papel das pessoas que foram à ruas tentar reverter votos e disse que as instituições brasileiras têm sido colocadas à prova desde o impeachment de Dilma Roussef até a impugnação da candidatura do ex-presidente Lula, que para Haddad foi preso injustamente.

 

Ele falou que o que está em jogo é a democracia.

 

O candidato derrotado arrancou aplausos da plateia ao lembrar do hino nacional.

 

Em seu discurso Haddad não mencionou o nome de Bolsonaro e também não telefonou para cumprimentar o adversário pela vitória.

 

Segundo o ex- ministro da Justiça de Dilma Roussef, José Eduardo Cardoso, o PT deve entrar na Justiça para questionar o abuso de poder econômico e o suposto uso de caixa 2 para financiar o Haddad pede respeito a 47 milhões de eleitores que o apoiaram e assume oposição ao novo governoesquema de distribuição em massa de notícias falsas em grupos de whatasapp na campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique