Na Amazônia Legal, quatro estados definem eleições em 1º turno

03:06 Política, Notícias 08/10/2018 - 12h33 Brasília Embed

Juliana Cezar Nunes

As eleições para o governo estadual foram decididas já no primeiro turno em quatro estados da Amazônia Legal: Acre, Maranhão, Mato Grosso e Tocantins. Outros cinco estados seguem para o segundo turno: Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima.

 

No Acre, com 94% das urnas apuradas, o senador Gladson Cameli, do PP, venceu o pleito com 53,5% dos votos, à frente de Marcus Alexandre, do PT, que obteve 34,6% dos votos.

 

No Maranhão, com 95% das urnas apuradas, o governador Flávio Dino, no PCdoB, foi reeleito com 59,4% dos votos, a frente de Roseane Sarney, do MDB, que obteve 29,7% dos votos.

 

Já no Mato Grosso, Mauro Mendes, do Democratas, venceu as eleições com 58,6% dos votos, à frente do senador Wellington Fagundes, do PR, que alcançou 19,5% dos votos, com 99% das urnas apuradas.

 

No Tocantins, o governador Mauro Carlesse, do PHS, continua no cargo, com 57,3% dos votos. Carlos Amastha, do PSB, prefeito de Palmas, ficou em segundo lugar, com 31,1% dos votos.

 

No Amazonas, o segundo turno será entre Wilson Lima, do PSC, e o candidato à reeleição Amazonino Mendes, do PDT. Com 99% das urnas apuradas, Wilson obteve 33,8% dos votos e Amazonino, 32,6%.

 

No Amapá, o segundo turno terá Waldez Góes, do PDT, que obteve 33,5% dos votos, e João Capiberibe, do PSB, que recebeu 30,1% dos votos, mas tem pendências na Justiça Eleitoral.

 

No Pará, Helder Barbalho, do MDB, recebeu 47,7% dos votos e vai para o segundo turno com Marcio Miranda, do Democratas, que obteve 30,1% dos votos. Esses índices foram atingidos com 99% das urnas apuradas.

 

Em Rondônia, Expedito Junior, do PSDB, disputa o segundo turno com o Coronel Marcos Rocha, do PSL. Eles alcançaram 31,5% e 23,9% dos votos, respectivamente.

 

Roraima terá segundo turno entre Antonio Denarium, do PSL, e Anchieta, do PSDB. Denarium obteve 42,2% dos votos e, Anchieta, 38,6%.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique