Senado passa por ampla renovação nas eleições de 2018

01:49 Política, Notícias 08/10/2018 - 09h07 Brasília Embed

Kariane Costa

No Senado foram eleitos 54 parlamentares,  dois representando cada estado e  mais dois, o Distrito Federal.

 

Esta eleição de 2018, foi marcada pela maior renovação que o Senado já teve. De cada quatro senadores que tentaram a reeleição, três não conseguiram se manter no cargo.

 

Dos atuais senadores que concorreram, apenas oito foram reeleitos. Randolfe Rodrigues, da Rede; Paulo Paim e Humberto Costa,  do PT; Ciro Nogueira, do PP; Jader Barbalho e Renan Calheiros, do MDB,  estão entre eles.

 

Mas, apesar de novos no Senado, os parlamentares  já são conhecidos do Congresso. A maioria dos novos senadores veio da Câmara dos Deputados ou de câmaras municipais.

 

Outros  já ocuparam ou ocupam cargos políticos, como Confúcio Moura, atual governador de Rondônia,  e Jaques Wagner,  ex- governador da Bahia.

 

Por outro lado, boa parte dos políticos tradicionais ficou de fora. Caciques como o atual presidente do Senado, Eunicio Oliveira (MDB), que também é o presidente nacional partido; Roméro Jucá (MDB), que estava há 24 anos no Senado, são exemplos.

 

Do Partido dos Trabalhadores (PT), Eduardo Suplicy , Lindbergh Farias  e Jorge Viana não foram eleitos.


Aécio Neves (PSDB) e Gleisi Hoffmann (PT) deixaram o Senado e foram para Câmara Federal.

 

Sete mulheres foram eleitas para o Senado, reduzindo a bancada feminina, que vai passar das atuais 13 para 10 senadores.


A ex-presidente Dilma Roussef (PT)  não conseguiu uma vaga pelo estado de Minas Gerais.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique