Após prisão de Pezão, Witzel quer auditar contratos firmados pelo estado nos últimos anos

02:06 Política, Notícias 29/11/2018 - 18h00 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), comentou a prisão de seu antecessor, Luiz Fernando Pezão, durante a Operação Boca de Lobo, desdobramento da Lava Jato.


Pezão foi preso na manhã desta quinta-feira, no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governo fluminense, acusado de dar continuidade ao esquema de corrupção e lavagem de dinheiro do ex-governador Sérgio Cabral. Detalhes com Fabiana Sampaio.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique