Sérgio Moro quer aprovar projetos contra corrupção no início do governo

02:16 Política, Notícias 06/11/2018 - 21h16 Curitiba Embed

Lucas Pordeus Leon

O futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública do governo Bolsonaro, o juiz Sérgio Moro, deu entrevista à imprensa nesta terça-feira.

 

Moro ressaltou que vai trabalhar para aprovar pautas anticorrupção no Congresso, de preferência, nos primeiros seis meses de governo. O juiz responsável pela operação Lava Jato quer regras mais duras para prescrição e progressão de penas.

 

A ideia seria impedir a progressão para regime semi-aberto de pessoas com relações com o crime organizado.


Sérgio Moro citou como exemplo de projetos a serem aprovados, as 10 medidas de combate à corrupção que não avançaram no Congresso.


Citou também que pretende deixar mais claro na legislação a execução da pena após condenação em segunda instância e usar forças tarefas, no modelo da Lava Jato, para combater o crime organizado.


O futuro ministro também contou como foi convidado para o governo Bolsonaro e que conheceu o presidente eleito no dia 1º de novembro.

 

Moro admitiu que foi procurado pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, antes do 2º turno, no dia 23 de outubro, mas disse a ele que só poderia negociar uma participação no governo após a eleição.

 

Sérgio Moro explicou ainda que aceitou o convite porque seria uma oportunidade para fortalecer a pauta anticorrupção.


Sérgio Moro entrou de férias nessa segunda-feira e deve usar o tempo para tratar da transição do governo. Ele viaja à Brasília nesta quarta-feira.