Bolsonaro diz que vai revisar contratos da Secretaria de Comunicação Social

01:23 Política, Notícias 21/12/2018 - 13h18 Brasília Embed

Raquel Júnia

O presidente eleito Jair Bolsonaro destacou, na manhã desta sexta-feira (21), pelo twitter, que a gestão dele não vai pleitear qualquer aumento no orçamento aprovado pelo Congresso para a Secretaria de Comunicação Social para 2019.

 

Bolsonaro citou que o corte foi de 45,8% do valor proposto pelo governo Temer, que tinha sido de R$ 277 milhões, e destacou que vai trabalhar com o valor aprovado e que, além disso, vai revisar contratos e reavaliar o quadro de pessoal da Secretaria de Comunicação (Secom).

 

A Secom é responsável por coordenar toda a comunicação oficial do governo, incluindo os sites, as assessorias de imprensa, a organização dos pronunciamentos oficiais, coletivas, identidade visual, entre outras funções.

 

A secretaria vai ser comandada no governo Bolsonaro por Floriano Barbosa, atual chefe de marketing do gabinete do filho de Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, deputado estadual em São Paulo.

 

O presidente eleito continua no Rio de Janeiro e não divulgou nenhuma agenda para esta sexta-feira.

 

Segundo a assessoria, ele avalia se fará uma viagem neste final de semana para descansar.

 

A expectativa é de que Bolsonaro volte para Brasília no próximo dia 29 para acompanhar os preparativos para a posse. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique