Câmara aprova projeto sobre desistência de imóveis comprados na planta

01:02 Política, Notícias 05/12/2018 - 20h15 Brasília Embed

Samanta do Carmo

Os deputados aprovaram nesta quarta-feira (5) pouco a proposta de lei que regulamenta a rescisão de contrato entre clientes e incorporadoras de imóveis ou loteamentos, o chamado distrato imobiliário. O texto segue para sanção presidencial.

 

O texto prevê que as empresas poderão ficar com 25% até 50% do valor já pago pelo consumidor no caso de desistência do imóvel comprado na planta.

 

O percentual varia de acordo o tipo de contrato.

 

Hoje, em casos como este, a desistência é discutida judicialmente, porque não existem leis regulando a desistência nem o atraso na entrega do imóvel.

 

Também está no projeto a regra para que, quando a construtora atrasar em mais de 180 dias a entrega do imóvel, ela terá de pagar aos clientes multa de 1% do valor para cada mês de atraso.

 

Neste caso, o comprador que desistir do bem, recebe de volta tudo o que já pagou. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique