Temer desiste de conceder indulto em 2018 definitivamente

01:17 Política, Notícias 31/12/2018 - 14h52 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Após desistir de dar o indulto e voltar atrás prometendo publicar o decreto que perdoaria a pena de condenados por crimes não violentos, o presidente Michel Temer mudou de ideia pela segunda vez. Agora, a decisão é não dar o indulto natalino neste ano.

 

Temer achou melhor não decretar o indulto em 2018 porque o Supremo Tribunal Federal (STF) não concluiu o julgamento da suspensão do indulto de 2017.

 

Com maioria do plenário da Corte já formada a favor do indulto do ano passado, o julgamento foi suspenso por um pedido de vista dos ministros Luiz Fux e Dias Toffoli.

 

O ministro da Secretaria de Governo da Presidência, Carlos Marun, chegou a anunciar que o decreto seria publicado na sexta-feira passada (28), pois Temer teria se sensibilizado com os argumentos da Defensoria Pública da União.

 

O órgão sugeriu que o presidente excluísse do decreto os condenados por crimes de corrupção para não gerar questionamentos no Supremo. A defensoria argumentou que o indulto sempre foi usado todos os anos, por todos os presidentes, desde 1988. O indulto perdoa a pena de condenados por crimes não violentos e que já tenham cumprido parte do tempo de prisão.

 

O futuro presidente, Jair Bolsonaro, anunciou recentemente, nas redes sociais, que é contra o mecanismo e não dará indultos no governo dele.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique