Roraima e Rio Grande do Norte decretam calamidade financeira

01:37 Política, Notícias 03/01/2019 - 15h24 Brasília Embed

Maíra Heinen

Neste início de ano, dois estados decretaram estado de calamidade pública por conta da situação financeira: Roraima e Rio Grande do Norte. 

 

Em Roraima, o decreto, publicado nessa quarta-feira (2), é retroativo ao dia 28 de dezembro e destaca que despesas com pessoal, juros e amortizações ultrapassam em mais de 70% a Receita Corrente Líquida e que o fato vem causando dificuldades na prestação dos serviços públicos essenciais, podendo ocasionar colapso na segurança pública, saúde, educação e no custeio da máquina pública.

 

A entrada de venezuelanos também foi colocada como uma das razões para o decreto. O governo afirma que a chegada de imigrantes sobrecarregou o Sistema Público de Saúde estadual, provocando expressivo aumento das despesas.

 

Já no Rio Grande do Norte, o decreto, publicado nessa quarta-feira, destaca atraso no pagamento de servidores e credores e que despesas com pessoal do Poder Executivo ultrapassaram o percentual da Receita Corrente Líquida prevista por lei. 

 

Saiba mais na reportagem. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique