Abastecimento pode ser afetado em RR com fechamento da fronteira, alerta Denarium

03:04 Política, Notícias 21/02/2019 - 23h03 Brasília Embed

Renata Martins

O Governador de Roraima, Antônio Denarium,  acompanha nesta sexta-feira (22), no estado, a situação da fronteira do Brasil com a Venezuela.

 

Ele estava em Brasília, nessa quinta-feira (21), quando o presidente Nicolás Maduro anunciou o fechamento da fronteira terrestre com o Brasil por tempo indeterminado.

 

A cidade roraimense de Pacaraima, a cerca de 214 km da capital, é a principal passagem entre os dois países.

 

O governador falou, com preocupação, sobre as consequências que o estado pode sofrer com a medida.

 

De acordo com Denarium, o fechamento da fronteira terá impacto direto no fornecimento de energia para Roraima.

 

O governador explica que o corte na ligação entre os países também atinge a setor agropecuário.

 

Denarium lembrou ainda que o abastecimento de combustível também será prejudicado.

 

Como em Pacaraima não tem posto de gasolina, os moradores da cidade dependem do combustível da vizinha venezuelana “Santa Elena de Uairén”. Outro impacto é o preço.

 

Nos últimos meses, o número de venezuelanos que entrou no Brasil por Pacaraima havia diminuído, mas segundo o governador, com o anúncio do fechamento da fronteira o fluxo de migrantes do país vizinho voltou a crescer.

 

Denarium disse que torce para que Brasil e Venezuela encontrem um caminho harmônico de convivência para que a população não seja ainda mais prejudicada com uma crise diplomática.

 

* Matéria atualizada às 13h52 de 22/02/19. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique