Imposto de importação do leite vai aumentar, diz governo

01:17 Política, Notícias 13/02/2019 - 10h13 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Após o governo retirar a chamada taxa antidumping sobre o leite importado da União Europeia e da Nova Zelândia, o presidente Jair Bolsonaro anunciou pelo Twitter que vai voltar a taxar a mercadoria, atendendo a pedido dos produtores brasileiros.

 

A taxa, cobrada desde 2001, compensava o valor do leite importado que chegava ao Brasil abaixo do preço de custo, o que impedia que o produto ficasse mais barato que o leite produzido no país.

 

O fim da taxa antidumping foi publicado na semana passada no Diário Oficial da União, após a equipe econômica avaliar que a tarifa não era mais necessária. A medida foi mal recebida entre os produtores de leite e a taxação do produto importado passou a ser defendida pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina.

 

O setor se queixava de dificuldades na produção, já que o leite argentino e uruguaio estava entrando em grandes quantidades no Brasil.

 

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nas redes socias, que o governo vai manter o nível de competitividade com outros países.

 

De acordo com o presidente da Frente Parlamentar da Agricultura, o deputado gaúcho Alceu Moreira, do MDB, o governo deve publicar nos próximos dias o aumento da tarifa de importação, considerando os 14% da antiga taxa antidumping. Atualmente, o leite importado tem uma alíquota de 28% sobre o preço do produto. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique