Polícia Federal faz buscas em residências de Ciro Nogueira

01:43 Política, Notícias 22/02/2019 - 09h51 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

A Polícia Federal (PF) fez buscas nesta sexta-feira (22) em endereços ligados ao senador Ciro Nogueira (PP). São sete mandados de busca e apreensão autorizados pelo STF pela ministra Rosa Weber e estão sendo cupridos em residências e duas empresas ligadas ao senador em Teresina, Brasilia e São Paulo.

 

Não houve buscas no gabinete de Ciro Nogueira, no Senado.

 

A investigação começou a partir de depoimentos de executivos do grupo J&F, em delação premiada. Eles afirmaram ter repassado R$ 42 milhões em propina ao Partido Progressista, partido do senador e do qual ele também é presidente. Os pagamentos ocorreram em dinheiro vivo e doações oficiais em troca de apoio político do partido na campanha eleitoral para a eleição presidencial de 2014.

 

A investigação apura crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro.

 

Cerca de 30 policiais federais cumprem os mandados dessa operação, batizada de Compensação.

 

A defesa do senador Ciro Nogueira chamou a operação de “direito penal do espetáculo”. E esclareceu que o que foi apreendido hoje (22) é o que foi recentemente devolvido ao senador pelo Supremo Tribunal Federal, em virtude de outra operação que não resultou em ação penal porque o STF rejeitou a denúncia alegando que era baseada apenas na palavra de outro delator.

 

Segundo a defesa, tal constrangimento poderia ter sido evitado com a intimação do Senador para prestar esclarecimento, já que ele sempre se colocou à disposição do Judiciário.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique