Bolsonaro defende PEC da reforma da Previdência no Twitter

01:32 Política, Notícias 21/04/2019 - 10h40 Brasília Embed

Kariane Costa

Enquanto parlamentares se articulam no Congresso para aprovação da admissibilidade do texto da reforma da Previdência, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados, o presidente da República, Jair Bolsonar, o defende a Proposta de Emenda à Constituição (PEC), nas redes sociais.

 

Em sua conta pessoal no Twitter, Bolsonaro afirmou que, com a reforma, quem ganha menos pagará menos e quem ganha mais pagará mais.

 

O presidente ainda citou o serviço disponível na página do Ministério da Economia, que faz o cálculo da aposentadoria.

 

De acordo com o governo,  por meio do site é possível fazer uma simulação com o tempo e valor de aposentadoria ou calculo da alíquota de contribuição.

 

O site do Ministério da Economia é servicos.gov.br/calculadora.

 

Mas a calculadora leva em consideração o texto enviado ao Congresso pelo Executivo, que pode ainda sofrer alterações.

 

Na última quarta-feira (17), o secretário Especial de Previdência, Rogério Marinho, confirmou que o governo aceitou negociar pontos da reforma da Previdência para facilitar a aprovação do texto na CCJ.

 

A líder do Governo no Congresso, deputada federal Joice Hasselman, também admitiu que o governo está disposto negociar mudanças no texto, desde que seja mantida a economia de R$ 1 trilhão, em dez anos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique