Justiça Federal acata denúncia contra Temer por lavagem de dinheiro

01:53 Política, Notícias 05/04/2019 - 08h37 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O ex-presidente Michel Temer acaba de ser tornar réu e vai responder na Justiça pelo crime de lavagem de dinheiro.

 

A Justiça Federal em São Paulo acatou a denúncia do Ministério Público, que acusa Michel Temer de lavagem de dinheiro que teria sido desviado de Angra 3.

 

Além de Temer, também se tornaram réus Maristela Temer, filha do ex-presidente, seu amigo pessoal coronel Lima e a esposa do coronel, Maria Rita Fratezi.

 

Na decisão, o juiz da 6ª Vara Criminal de São Paulo Diego Paes Moreira diz que a denúncia tem indícios de autoria e materialidade do crime.

 

Segundo a denúncia, a reforma da casa da filha do ex-presidente, que fica em Alto de Pinheiros, um dos endereços mais caros de são Paulo, teria sido bancada com dinheiro desviado da usina nuclear.

 

A investigação é um desdobramento do inquérito dos Portos, que investigou o favorecimento de empresas do setor portuário com a edição de um decreto assinado pelo ex-presidente.

 

Nós estamos tentando contato com a defesa dos acusados, mas ainda não conseguimos retorno.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique