Maia nega viagens a deputados para votar reforma da Previdência no primeiro semestre

01:33 Política, Notícias 04/06/2019 - 09h02 Brasília Embed

Kariane Costa

A votação da reforma da Previdência no plenário da Câmara dos Deputados será pautada até julho. O prazo foi dado, nessa segunda-feira (3), pelo presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia.

 

A intenção de Maia é que a votação ocorra antes do recesso legislativo, que começa no dia 18 de julho.

 

Ele informou que está barrando pedidos de viagens nacionais e internacionais de deputados após o feriado de Corpus Christi, em 20 de junho, para garantir quórum para votação.

 

Por ser tratar de proposta de emenda à Constituição, o texto da reforma da previdência precisa ser aprovado em dois turnos, por 308 deputados, antes de seguir para o Senado.

 

Na Comissão Especial, a proposta recebeu 277 sugestões de alteração ao texto, e cabe agora ao relator, deputado Samuel Moreira, analisar as sugestões.

 

O deputado já informou que vai apresentar o seu parecer até o dia 15 de junho,  mas não descartou que pode  antecipar o relatório.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique