Mourão defende reforma da Previdência em evento no Rio

01:52 Política, Notícias 18/06/2019 - 09h50 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, participou, nessa segunda-feira (17), de um encontro com empresários fluminenses, na Casa Firjan, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro.

 

Ele falou sobre o contexto internacional e a agenda externa brasileira, além de defender reformas estruturais que o país precisa.

 

Mourão apontou o projeto da reforma da Previdência como o primeiro passo rumo à sustentabilidade das finanças públicas.

 

Ele afirmou que a Previdência é atualmente um sistema insustentável e que, sem a reforma, as futuras gerações vão precisar trabalhar até a morte, sem perspectivas de aposentadoria. 

 

O vice-presidente ainda afirmou que o país precisa mudar para conquistar o seu lugar em um ambiente global cada vez mais complexo, instável e competitivo. 

 

Também nessa segunda-feira, Hamilton Mourão recebeu na Câmara dos Vereadores do Rio a medalha Pedro Ernesto e o título de cidadão honorário da cidade. 

   

Natural de Porto Alegre, o vice-presidente mudou-se para o Rio em 1971.  Ele disse que considera a cidade como sendo sua segunda terra natal e que nela conseguiu realizar o sonho de ser paraquedista.

 

Mourão elogiou o Rio de Janeiro, afirmando que é a capital cultural do Brasil e que orgulha todos os brasileiros. 


Durante a homenagem na Câmara Municipal, o vice-presidente Hamilton Mourão encerrou sua fala manifestando fé e otimismo de que o país vai superar todas as dificuldades, porque, segundo ele, foi para isso que o atual governo foi eleito.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique