No primeiro dia de encontros do G20, Bolsonaro se reúne com Trump e Brics

02:26 Política, Notícias 28/06/2019 - 11h00 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Diante do aumento da tensão na guerra comercial entre China e Estados Unidos, e das ameaças de uma guerra contra o Irã, a cúpula do G20 iniciou os diálogos nesta sexta-feira (28) em Osaka, no Japão.


O primeiro-ministro japonês e anfitrião do encontro, Shinzo Abe, presidiu a primeira sessão do grupo, defendeu uma economia livre e aberta e criticou medidas comerciais restritivas.

 

Para o líder japonês, a insatisfação em relação a globalização pode levar ao protecionismo comercial e a graves conflitos entre os países.

 

Já o presidente Jair Bolsonaro participou das duas sessões plenárias do G20 e de uma reunião paralela sobre economia digital. Também teve encontro bilateral com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

 

Pelas redes sociais, Bolsonaro disse ter introduzido a ideia de um acordo de livre comércio com os Estados Unidos, mas não divulgou detalhes sobre a proposta.

 

O presidente Bolsonaro ainda se reuniu com o chefe do Banco Mundial e da OCDE, Organização que reúne 36 países, entre os mais desenvolvidos do mundo. O Brasil tenta ser incluído no grupo.

 

O presidente brasileiro também se reuniu de maneira informal com o presidente da Espanha, Pedro Sánchez, com a presidente da Alemanha, Angela Merkel, e com o presidente da França, Emanuel Macron.

 

A Macron, Bolsonaro sinalizou que o Brasil vai se manter no Acordo de Paris e convidou o francês para conhecer a Amazônia.

 

Macron chegou a afirmar que um pacto entre Mercosul e União Europeia depende da permanência do Brasil no acordo sobre o meio ambiente.

 

O presidente brasileiro ainda participou de uma reunião informal dos Brics, grupo das mais importantes economias emergentes do mundo, que engloba, além do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

 

Bolsonaro falou na abertura da reunião dos Brics.
 

Ao final dos encontros, os líderes do G20 tiraram a já tradicional foto oficial do evento. Neste sábado (29), os encontros continuam e Jair Bolsonaro deve ter uma reunião bilateral com o presidente da China, Xi Jinping.
 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique