Paulo Guedes diz que mudanças no relatório vão “abortar” reforma da Previdência

01:48 Política, Notícias 16/06/2019 - 07h46 Brasília Embed

Tâmara Freire

O ministro da Economia, Paulo Guedes disse que o relatório apresentado pela Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados teve recuos que podem “abortar a Nova Previdência”.

 

Guedes afirmou que já esperava que a Câmara fosse fazer emendas relativas ao benefício de prestação continuada e aos trabalhadores rurais, mas como os recuos foram além a economia esperada cai de R$ 1,2 trilhão em dez anos para cerca de R$ 860 bilhões.

 

Caso a reforma seja aprovada com as mudanças propostas no relatório, uma outra acabaria tendo que ser feita em cinco ou seis anos, de acordo com o ministro da Economia, porque a economia prevista só seria suficiente para evitar problemas na durante o governo, mas não no futuro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique