Vereadores derrubam cassação de mandato de Crivella

03:40 Política, Notícias 26/06/2019 - 09h10 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, conseguiu escapar da cassação do mandato. Em votação final no plenário da Câmara dos Vereadores foi derrubado o impeachment de Crivella, com placar de 35 votos favoráveis à rejeição, 13 contrários e 1 abstenção.

 

Para o prefeito ser impedido eram necessários o apoio de ao menos 34 parlamentares ao pedido.

 

Nessa terça-feira (25), foram realizadas três rodadas de votação, uma para cada acusação que pesava contra Crivella.

 

Em todas, ele venceu com folga diante de galerias lotadas por apoiadores e opositores que, em alguns momentos, tornavam o clima tenso.

 

O processo de impeachment foi aberto a partir de uma denúncia do servidor da Secretaria de Fazenda do município, Fernando Lyra Reis, que acusou Crivella de prática de irregularidades na renovação de contratos para a exploração de publicidade no mobiliário urbano.

 

O parecer aprovado da Comissão Processante indicou ausência de responsabilidade do prefeito, mas reconheceu a ilegalidade nas renovações dos contratos com as empresas envolvidas na denúncia e recomendou a apuração da conduta de servidores.

 

Vereadores da oposição, ao final da votação, levaram pizzas aos corredores da Casa Legislativa em uma crítica ao resultado do processo.

 

Onze parlamentares da oposição assinaram um relatório alternativo, afirmando que Crivella teve sim responsabilidade pessoal.

 

Para o vereador do PSOL, Tarcísio  Motta, houve um grande acordo de bastidores para  absolver o prefeito.

 

O relator do processo, Luiz Carlos Ramos Filho, do Podemos, disse que o relatório foi justo, imparcial, o que possibilitou a inversão do resultado em relação à admissibilidade do processo.

 

O advogado de defesa do prefeito, Alberto Sampaio Junior, afirmou que a vitória não foi do prefeito, mas sim do estado democrático de direito.

 

Já o prefeito Marcelo Crivella divulgou vídeo nas redes sociais agradecendo aos vereadores que, segundo ele, fizeram justiça.

 

Apesar da absolvição de Crivella, a Câmara continua avaliando a suspensão dos contratos de publicidade, alvos da denúncia.

 

Segundo o relator, estão sendo colhidos pareceres das comissões da Casa para elaboração de um relatório conjunto, que será levado para votação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique