PDT e PSB avaliam punir parlamentares que votaram a favor da reforma da Previdência

02:55 Política, Notícias 17/07/2019 - 20h46 Brasília Embed

Kariane Costa

Oito deputados federais do PDT que votaram a favor da reforma da Previdência, contrariando a orientação da legenda, foram suspensos.

 

A decisão foi da Executiva Nacional, da Comissão de Ética e dos presidentes dos Movimentos Sociais do partido.

 

Também foi instaurado processo disciplinar contra os deputados, que ficam suspensos até que o processo seja concluído, o que pode demorar até 60 dias.

 

Em março, o PDT fechou questão por unanimidade contra a reforma da Previdência apresentada pelo atual governo.

 

De acordo com o presidente nacional da legenda, Carlos Lupi, a decisão do Diretório Nacional é soberana e representa todas as instâncias partidárias. Ele explica o que significa na prática essa suspensão de dois meses.

 

Todos os deputados do PDT vão ter espaço de defesa. Depois, um relatório será encaminhado à Executiva Nacional da legenda, que, por sua vez, levará a questão ao pleno do Diretório Nacional.

 

Uma das deputadas suspensas e que foi alvo de críticas, foi Tábata Amaral. Ela informou, POR meio de sua assessoria, que não irá se pronunciar sobre o assunto.

 

À diferença do PDT, os PSB decidiu não suspender os parlamentares dissidentes.

 

Onze deputados federais do PSB vão responder processo no Conselho de Ética da legenda por terem votado a favor da reforma da Previdência.

 

Seis segmentos sociais organizados do partido apresentaram  representação contra os dissidentes.

 

O PSB fechou questão contra a reforma, e deputados que contrariaram a orientação do partido podem receber desde uma advertência até serem expulsos. Como explica o presidente da Comissão, Alexandre Navarro.

 

Os parlamentares já foram notificados e terão 10 dias para apresentar sua defesa.

 

Cada processo terá um relator que, ao final do trabalho, apresentará um parecer, pela punição ou não. A previsão é que todo processo seja concluído em agosto.

 

A decisão final, contudo, é tomada pelo Diretório Nacional.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique