Data prevista para votação da reforma da Previdência no Senado é adiada em uma semana

01:46 Política, Notícias 15/08/2019 - 21h39 Brasília Embed

Kariane Costa

O Senado adiou em uma semana a votação da reforma da Previdência no plenário, que estava prevista para o dia 18 de setembro, em primeiro turno, e agora deve acontecer no dia 24 de setembro.


O calendário ficou da seguinte forma:


O senador e relator da Reforma, Tasso Jereissati, do PSDB, deve entregar o relatório sobre a proposta já na próxima sexta-feira, dia 23 de agosto, depois de finalizados os debates na CCJ – a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.


A leitura do relatório na Comissão está marcada para 28 de agosto.  A Senadora Simone Tebet, do MDB, explica que qualquer parlamentar da comissão pode apresentar proposta de mudança - as chamadas emendas - até a data da leitura do parecer.


“O senador entrega o relatório na sexta, que pode muito bem ser aditado, alterado, modificado, trocado na segunda, na terça ou na quarta, que vai ser o dia da leitura”.


Na próxima semana, terça, quarta e quinta, estão previstos os debates no colegiado.


De acordo com a presidente da CCJ, as mesas de discussão serão formadas por autoridades. O ministro da Economia, Paulo Guedes, é aguardado para participar.


A votação na CCJ permanece no dia 4 de setembro. Depois, a PEC chega ao plenário - a votação em primeiro turno, dia 24 de setembro; e a votação em segundo turno, no dia 10 de outubro. A promulgação deverá ocorrer na semana seguinte.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique