Maia rebate críticas ao projeto de lei contra o abuso de autoridade

02:00 Política, Notícias 16/08/2019 - 17h20 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, rebateu as críticas que o projeto de lei contra o abuso de autoridade vem recebendo. Ele lembrou que a proposta original contou com apoio de associações de procuradores e de juízes quando foi apresentada pelo ex-senador Roberto Requião, do MDB do Paraná. E disse que cabe agora ao presidente da república Jair Bolsonaro sancionar ou vetar aquilo que ele não considerar adequado.

 

Para Maia, o projeto só é polêmico para quem não leu.

 

O projeto de abuso da autoridade vem sendo criticado não só por parlamentares como também por procuradores e policiais.

 

A declaração de Maia foi feita durante evento em São Paulo que teve como tema central a Reforma Tributária.

 

Ele espera que o governo encaminhe um novo texto sobre o assunto já na semana que vem uma proposta e acredita que dê para a aprovar uma proposta de reforma até o final do ano.

 

Já sobre uma possível volta da CPMF, Maia acredita que não passa pelos Deputados.

 

A proposta de voltar a cobrar um imposto sobre movimentações financeiras vem sendo defendida pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique