Sabatina de Augusto Aras na CCJ do Senado é marcada para a próxima quarta-feira

02:18 Política, Notícias 18/09/2019 - 15h04 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Foi lido nesta quarta-feira (18) na Comissão de Constituição e Justiça do Senado o relatório sobre a indicação de Augusto Aras para ser o Procurador-Geral da República.

 

O senador Eduardo Braga, do MDB do Amazonas, relator do caso, falou da trajetória do subprocurador desde sua formação em direito na Universidade Católica de Salvador, em 1981, até os dias atuais.

 

O relator mostra que o subprocurador se especializou em direito eleitoral e também em direito econômico, atuando como representante do Ministério Público no CADE, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica.

 

O relatório de Eduardo Braga foi favorável ao indicado pelo presidente Jair Bolsonaro.

 

O senador do MDB do Amazonas ainda lembra que Aras teve o apoio da Associação Comercial da Bahia e da Fiesp, a Federação das Indústrias de São Paulo.

 

Sobre a participação como sócio de um escritório de advocacia na Bahia, o relator afirma que o indicado prometeu se retirar da sociedade caso seja aprovado pelo Senado.

 

A presidente da CCJ, senadora Simone Tebet, do MDB do Mato Grosso do Sul, resumiu os temas que Aras deve enfrentar na sabatina da próxima semana: combate à corrupção e desenvolvimento do país.

 

Augusto Aras será sabatinado pela CCJ na próxima quarta-feira, dia 25 de setembro.

 

Para ser aprovado, ele tem que ter a maioria dos votos na Comissão e também no Plenário. A votação deve ocorrer no mesmo dia da sabatina.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique