Bolsonaro e João Dória participam de formatura da PM em São Paulo

02:22 Política, Notícias 11/10/2019 - 21h45 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O presidente da República Jair Bolsonaro participou da formatura de Sargentos da Polícia Militar de São Paulo ao lado do governador João Dória e do presidente do PSL em São Paulo, o senador Major Olímpio.

 

A cerimônia aconteceu no parque do Anhembi, na zona norte da capital paulista. 626 homens e 72 mulheres foram promovidos ao cargo, que tem como função supervisionar e apoiar os policiais em diversas atividades da força pública.

 

Segundo os organizadores, cerca de 5 mil pessoas, principalmente amigos e familiares dos novos oficiais da PM, estavam na arquibancada.

 

Bolsonaro lembrou seu discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, no mês passado, e disse que foi o primeiro presidente a elogiar os policiais na ONU.

 

“Naquele momento também, pela primeira vez, eu estive do lado das polícias militares do Brasil. Outros que me antecederam criticavam as ações dos policiais. Eu os saúdo e os louvo aqui, lá e em qualquer lugar do Brasil e do mundo”.

 

Durante o evento, o governador de São Paulo, João Dória, afirmou que apoia as boas iniciativas do governo federal.

 

“Nós estamos alinhados com todas as boas iniciativas do governo federal. Tudo o que for positivo para o Brasil e os brasileiros do estado de São Paulo”.

 

Essa foi a primeira vez que os dois se encontraram desde que o governador de São Paulo passou a criticar a política ambiental do governo.

 

Quem também participou da cerimônia foi o presidente do PSL em São Paulo e senador major Olímpio. Segundo ele, existe uma conspiração para implodir o partido. Olímpio disse que chegou a pensar em deixar o PSL por desacordos com o senador Flávio Bolsonaro.

 

“Não sairei do PSL. Gostaria que o Flávio saísse? Gostaria. Nunca escondi isso de ninguém. Nós apoiamos o presidente Bolsonaro. Não reconheço no país ainda monarquia, dinastia, filho príncipe, nada disso”.

 

Segundo o senador, o PSL segue apoiando Bolsonaro e o presidente não pode abrir mão do partido dentro do Congresso Nacional.

 

Essa não foi a primeira vez de Jair Bolsonaro na formatura da PM em São Paulo. Há pelo menos 4 anos ele participa da cerimônia. Mas essa foi a primeira vez como presidente da República.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique