Parecer da CCJ da Alerj manda soltar deputados presos

02:36 Política, Notícias 21/10/2019 - 19h46 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio emitiu parecer favorável a soltura de cinco deputados presos após reeleição no ano passado.

 

Em reunião a portas fechadas, realizada nesta segunda-feira, no Palácio Tiradentes, o relatório pela liberação dos parlamentares foi aprovado por cinco votos a dois. A Justificativa da Alerj para a reunião fechada é que estavam sob análise documentos sigilosos enviados pelo Tribunal Regional Federal da 2ª região.

 

Além de Luiz Martins (PDT), André Correa (DEM) e Marcus Vinicius Neskau (PTB), o benefício foi estendido também para Marcos Abrahão (Avante) e Chiquinho da Mangueira (PSC). O parecer da Comissão impede, no entanto, que os cinco deputados exerçam seus mandatos, formem gabinete e recebam salário, uma vez que a posse deles  está suspensa por decisão do Tribunal de Justiça.

 

O assunto entrou na pauta após a ministra Carmen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal definir que cabe à casa legislativa decidir sobre a soltura. Com o parecer aprovado, a CCJ vai protocolar um projeto de resolução que será votado em sessão extraordinária no plenário da Alerj  nesta terça-feira.

 

Seja qual for a decisão sobre o destino dos deputados estaduais, ela precisará do aval da maioria absoluta dos parlamentares, o que significa ao menos 36 votos. O deputado Luiz Paulo do PSDB, que votou contrário à soltura, avalia que a imagem da casa pode ficar prejudicada se confirmada a liberação em plenário.

 

Nenhum dos parlamentares da CCJ que votaram favoravelmente à libertação dos colegas presos falou com a imprensa. Os cinco deputados foram para a cadeia, levados pela operação Furna da Onça,  desdobramento da Lava Jato no Rio,  em novembro no ano passado.

 

Eles são acusados  de corrupção, lavagem de dinheiro, loteamento de cargos públicos e mão de obra terceirizada em órgãos públicos do estado. O  esquema teria sido montado pelo ex-governador Sergio Cabral dentro da ALERJ.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique