Novo partido de Bolsonaro tem 140 dias para reunir assinaturas que validam criação da sigla

01:51 Política, Notícias 20/11/2019 - 10h20 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Os advogados do presidente Jair Bolsonaro estiveram nesta terça-feira no Palácio do Planalto, para acertar a desfiliação dele do PSL.

 

Como o domicílio eleitoral de Bolsonaro é no Rio de Janeiro, o documento que oficializa a saída do partido deve ser protocolado no TRE fluminense até esta quarta-feira (20).

 

Enquanto isso, os representantes do presidente vão ao Tribunal Superior Eleitoral, aqui em Brasília, iniciar o processo para criar um novo partido, a Aliança Pelo Brasil.

 

O ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral e advogado Admar Gonzaga, destacou que o grupo que deixará o PSL vai alegar motivos de justa causa para evitar a perda de mandatos.

 

Assim que o documento de criação do novo partido for protocolado no TSE, a legenda terá o prazo de dois anos para reunir cerca de 500 mil assinaturas de apoio, distribuídas em pelo menos nove estados.

 

Para que o partido já possa disputar a eleição municipal do ano que vem, será preciso cumprir esses requisitos em menos de 140 dias.

 

O país tem 32 partidos políticos registrados na Justiça Eleitoral. Além da Aliança Pelo Brasil, outros 76 partidos estão em processo de criação.

 

Nossa equipe de produção pediu ao PSL um posicionamento sobre a saída de membros do partido por justa causa, mas ainda não teve retorno da legenda.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique