Governo fará reforma administrativa fatiada com PEC, projetos de lei e decretos

03:11 Política, Notícias 16/01/2020 - 18h34 Brasília Embed

Kariane Costa

A reforma administrativa vai trazer novas regras, que facilitem ao governo federal realizar contratações temporárias e celetistas.

 

A informação foi dada pelo secretário de Desburocratização do Ministério da Economia, Paulo Uebel.

 

Nesta quinta-feira (16), ele recebeu jornalistas para um café da manhã e fez um balanço das ações da secretaria.

 

O secretário não detalhou o conteúdo do texto da reforma administrativa, que será entregue pelo governo ao Congresso Nacional em fevereiro. Uebel adiantou que a proposta já está pronta e deve ser apresentada de forma fatiada com uma proposta de emenda à Constituição (PEC), a princípio, e projetos de lei e decretos até 2022.

 

O secretário reforçou que não existe espaço no orçamento para reajuste salarial de servidores públicos e novos concursos, inclusive para o INSS.

 

Ao ser questionado sobre a privatização da Dataprev e do Serpro, Paulo Uebel argumentou que dados públicos não podem ser vendidos.

 

Nesta quinta-feira foi publicado no Diário Oficial da União o decreto que inclui a Dataprev, empresa de tecnologia e processamento de dados do INSS, no programa de privatizações do governo federal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique