Conselho da Amazônia: Mourão destaca três ações gerais de proteção ao meio ambiente

01:50 Política, Notícias 12/02/2020 - 08h30 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O presidente Jair Bolsonaro transferiu para o vice, Hamilton Mourão, a coordenação do Conselho da Amazônia, que foi criado em 1995.

 

Mourão disse que a mudança no conselho é mais do que uma resposta a investidores estrangeiros que ameaçaram se retirar do país se não houvesse uma política de preservação ambiental.

 

O grupo deve centralizar as ações do governo que vão afetar os 25 milhões de brasileiros que vivem nos nove estados que fazem parte da Amazônia Legal.

 

O conselho deve definir, ainda, as regras de exploração das riquezas naturais, se debruçar sobre a proteção das fronteiras e tratar da repressão a crimes comuns e ambientais.

 

O colegiado tem, entre seus integrantes, representantes dos ministérios da Casa Civil, Justiça, Defesa, Relações Exteriores, Economia, Infraestrutura, Agricultura, Ciência e Tecnologia, Minas e Energia, Meio Ambiente, Desenvolvimento Regional, Secretaria de Governo e Gabinete de Segurança Institucional.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique