Ministério da Saúde vai apoiar municípios do Pará a baterem meta de vacinação do sarampo

01:46 Saúde, Notícias 30/10/2019 - 15h34 Brasília Embed

Maíra Heinen

O estado do Pará apresentou os piores índices de vacinação contra o sarampo na região Norte. Enquanto a cobertura vacinal do Brasil é de 95%; no Pará, a primeira fase da campanha alcançou apenas 79% do público-alvo. O Tocantins foi o que apresentou o melhor cenário, com um alcance de 101,69%.


O levantamento foi anunciado nessa terça-feira pelo Ministério da Saúde, durante o balanço das ações da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo.


Na lista, consta o quantitativo de doses aplicadas da tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba.


No Tocantins, as maiores dificuldades para atingir a meta foram os locais de difícil acesso em zonas rurais. No entanto, de acordo coma enfermeira da gerência de imunização da Secretaria de Saúde do Estado, Diandra Rocha, a ideia é repetir os bons resultados na segunda etapa, com o público de 20 a 29 anos.


Com o quantitativo de crianças não vacinadas, o Ministério da Saúde quer apoiar os municípios no alcance da meta de cobertura vacinal contra o sarampo, para que eles consigam receber o restante dos R$ 206 milhões liberados pela pasta para ações locais de vacinação.


Até o fechamento desta edição, o governo do Estado do Pará não se pronunciou sobre o baixo índice de vacinação na primeira fase da campanha.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique