Após ação do MP, Manaus vai reestruturar rede pública de saúde e assumir atenção primária

01:39 Saúde, Notícias 02/11/2019 - 13h42 Brasília Embed

Larissa Abreu*

Um plano de estruturação da rede pública de saúde do Amazonas deverá ser apresentado, até fevereiro de 2020, pelo estado e pelo município de Manaus.

 

A medida foi definida após audiência de conciliação realizada neste mês, em outubro. A decisão judicial atende a uma ação movida pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Estado do Amazonas e o Ministério Público de Contas do Amazonas.

 

Segundo a decisão, a prefeitura de Manaus deverá assumir de forma progressiva a execução e gestão dos serviços de atenção primária à saúde na capital amazonense, que atualmente tem recebido investimentos por parte do estado.

 

A gestão municipal deve ainda apresentar um plano para expansão da cobertura dessa rede de atendimento. Uma multa de R$ 50 mil será aplicada caso haja descumprimento do acordo firmado na audiência.

 

A primeira tentativa de conciliação foi realizada em 2017. Na ocasião, foi solicitada ao governo do Amazonas e à prefeitura de Manaus a apresentação do plano de estruturação, mas a medida não foi cumprida.

 

Em nota, a prefeitura de Manaus disse que a equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde está trabalhando dentro dos prazos estabelecidos para elaboração do plano de ação requerido.

 

Procuramos o governo do Amazonas para um posicionamento, mas, até o fechamento desta reportagem, não obtivemos resposta.

 

* Estagiária com supervisão de Ariane Póvoa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique