Ataques de animais peçonhentos aumentam no período chuvoso em Rondônia

02:08 Saúde, Notícias 19/11/2019 - 20h36 Brasília Embed

Gésio Passos

O período de final de ano é marcado pelo aumento das chuvas e das cheias dos rios na Amazônia. E com isso, cresce o risco de ataques de animais peçonhentos à população, como cobras, aranhas, escorpiões, lagartas e abelhas.


Em Rondônia, segundo dados da Agevisa, Agência Estadual de Vigilância de Saúde, até 11 de novembro, foram mais de 1,5 mil acidentes com esses bichos. A maioria, 930, foi de picadas de cobras.

 

A Coordenadora do Programa de Acidentes por Animais Peçonhentos do estado, Alessandra Dantas, explica o que deve ser feito nesses casos.


“A orientação é que fique calmo e acalme o acidentado. Lave o local com água e sabão, evitando contato com sangue. Retire anéis, pulseiras, cintos, sapatos e outros objetos apertados que possam impedir a circulação do sangue. Mantenha a pessoa deitada. O movimento e o esforço aumentam a circulação do sangue e, consequentemente, a ação do veneno. Leve o paciente o mais rápido possível para o hospital”.

 

O governo de Rondônia afirma que mantém em estoque o soro antiofídico – que age contra picada de cobra, aranha e escorpiões - em todas os serviços de saúde do estado.

 

As chuvas contribuem para o aumento das ocorrências, já que potencializam o crescimento da vegetação, favorecendo um ambiente para abrigo e reprodução de animais perigosos. O acúmulo de lixo é outro fator que possibilita o aparecimento desses bichos nas residências.


Para evitar ataques, a população deve adotar medidas protetivas e de limpeza nas casas e nos locais de trabalho. Uma das orientações é sempre utilizar botas durante a realização de tarefas em áreas abertas, como quintais e lavouras.


Em qualquer emergência com animais peçonhentos, a população pode ligar para a Polícia Militar Ambiental ou para os Bombeiros nos telefones 190 ou 193.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique