Com chegada da chuva no DF é preciso estar atento à dengue

02:15 Saúde, Notícias 18/11/2019 - 16h18 Brasília Embed

Dayana Vitor

Depois de dias de deserto, parece que o período chuvoso finalmente chegou ao Distrito Federal. Com isso, todo cuidado é pouco nesta época do ano, pois o mosquito Aedes aegypti pode encontrar água parada e se desenvolver de forma mais fácil.

 

Desde janeiro, a Ceilândia já registrou mais de 4 mil prováveis casos de dengue. Para evitar que mais pessoas contraíam a doença na cidade, a Secretaria de Saúde está nas ruas para combater os focos do mosquito.

 

Mais de 30 agentes da Vigilância Ambiental já vistoriaram residências no Sol Nascente, aplicaram o fumacê e retiraram materiais sem utilidade, mas que serviam como criadouros do mosquito.

 

Os agentes também orientaram os moradores sobre como evitar o Aedes aegypti. A chefe do Núcleo da Vigilância Ambiental de Ceilândia, Nilde Pereira, esclarece que o trabalho vai se estender por várias quadras da cidade.

 

Nilde dá recomendações para que ninguém seja a próxima vítima do Aedes.

 

Neste ano, o Distrito Federal registrou mais de 42 mil casos prováveis de dengue e 47 mortes. Na região oeste, que engloba Ceilândia e Brazlândia foram quatro mortes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique