Vacinação de jovens contra sarampo é fundamental para proteger crianças e idosos

02:52 Saúde, Notícias 18/11/2019 - 18h28 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A campanha de vacinação contra o sarampo foi ampliada para os chamados adultos jovens. É aquela parte da população que tem de 20 a 29 anos de idade, que, segundo o Ministério da Saúde, foi a faixa etária que mais contraiu a doença este ano. Apenas as gestantes não devem ser vacinadas.

 

O ministro interino da Saúde, João Gabbardo, destacou que o sarampo fica mais grave entre pessoas com baixa imunidade, principalmente idosos e crianças. E fez um apelo aos adultos jovens.

 

"Acho que precisamos, aqui, ter solidariedade porque a criança que vai morrer ou o velho que vai morrer por sarampo, pode ter morrido pela não vacinação da faixa etária de 20 a 29 anos. Porque esta faixa etária é que está sendo responsável pela cadeia de transmissão. Nós precisamos interromper a cadeia de transmissão. Então, essas pessoas devem pensar um pouco menos em si e pensar mais nos jovens, nas crianças e nos idosos que poderão vir a óbito por conta da sua irresponsabilidade."

 

O ministro interino também destacou que os jovens estão mais expostos aos movimentos antivacina, que se propagam nas redes sociais. Gabbardo pediu que o público ignore as mentiras e compreenda que tomar vacina é o melhor meio de evitar várias doenças.

 

Somente este ano, os surtos na Região Norte, nos primeiros meses, e no estado São Paulo, que é o mais recente, tiveram quase 10,5 mil casos de sarampo confirmados, sendo 14% em pessoas de 20 a 29 anos. Das 14 mortes provocadas pela doença, duas foram entre esse público. De acordo com o boletim do ministério, 19 estados ainda mantêm transmissão ativa do vírus do sarampo.

 

As gestantes não podem tomar a vacina contra sarampo. O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, orientou as mulheres em idade fértil a procurarem um médico antes da vacinação.

 

O Ministério da Saúde estima que 9,4 milhões de jovens adultos não tomaram a vacina contra sarampo e a meta é vacinar pelo menos 9 milhões deles até o dia 30 de novembro.

 

É um sábado que terá o Dia D de vacinação e também vai marcar o fim da campanha contra o sarampo. Para garantir a vacinação de todos, o ministério comprou mais de 11 milhões de doses extras da vacina.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique