Sem pentavalente, governo do Amazonas aplica vacina DTP em menores de 1 ano

03:04 Saúde, Notícias 08/01/2020 - 17h57 Brasília Embed

Renata Martins

Sem estoque de pentavalente, crianças menores de um ano vão receber dose da vacina DTP, contra difteria, tétano e coqueluche, no Amazonas.

 

As salas de vacina das unidades de saúde no Amazonas estão administrando temporariamente a DTP no lugar da pentavalente em crianças menores de um ano de idade.

 

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas informou que a recomendação do Ministério da Saúde foi encaminhada por ofício este mês.

 

A pentavalente não é fabricada no Brasil. A compra da vacina adquirida de um fornecedor indiano, por intermédio da Opas - Organização Pan-Americana da Saúde, foi interrompida após amostras terem sido reprovadas em testes feitos pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde.

 

De acordo com o Governo do Estado, após a suspensão do fornecimento da vacina para todo o Brasil, em julho, o Amazonas recebeu emergencialmente, em outubro, 30 mil doses da pentavalente e 40 mil em dezembro.

 

Durante o ano de 2019, o Amazonas recebeu 159 mil doses, 57 mil a menos que a demanda.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, uma nova remessa aguarda parecer da Opas para liberação da Anvisa. Tão logo essas doses sejam liberadas para uso, serão distribuídas aos estados. A previsão é iniciar o processo de regularização da distribuição ainda neste mês de janeiro.

 

A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica de Manaus, explica como será o esquema vacinal.

 

A vacina pentavalente garante a proteção contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e contra uma bactéria da influenza tipo B, responsável por infecções no nariz, meninge e garganta. A penta deve ser aplicada aos 2, 4 e 6 meses de idade.

 

Já a DTP, administrada como reforço a partir de 1 ano de idade protege contra difteria, tétano e coqueluche.

 

De a acordo com o Ministério da Saúde, quando os estoques forem normalizados, o Sistema Único de Saúde fará busca ativa pelas crianças, em todo o país, para vaciná-las.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique