agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Açougue Cultural: saiba como Brasília tem uma loja de carnes que é também biblioteca

03:25 Cultura, Especiais 23/04/2020 - 16h35 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Nesta série de reportagens, apresentamos a você grandes personagens que representam diferentes segmentos artísticos e fazem parte da história de Brasília. O nome que escolhemos para esta é o de Luiz Amorim.

 

Profissionalmente ele não canta, não escreve livros, nem faz poesias. Mas produz grandes eventos, que arrastam multidões até o comércio local da 312/313 Norte. Luiz Amorim é açougueiro. Trabalhou 15 anos no ramo até que, em 1994, comprou o açougue na 312 Norte e deu início ao projeto do Açougue Cultural T-Bone.


Com a boa aceitação da biblioteca dentro do açougue, o projeto cresceu e ganhou as ruas. Ou melhor, as paradas de ônibus da Avenida W3 Norte. Todos os dias, uma Kombi circula pela via para distribuir e reorganizar os livros nas estantes. É uma biblioteca gratuita, disponível durante 24 horas e sem burocracia.


Dentro dos baús, de mão em mão, circulam cerca de 200 mil livros todos os anos, sem a necessidade de fazer cadastro ou cumprir prazo para devolver. O reconhecimento pelo trabalho fez surgir projetos semelhantes e ainda rendeu uma participação no revezamento da Tocha Olímpica.


Com o sucesso do açougue cultural, veio a ideia de organizar as Noites Culturais. Luiz Amorim conta que, desde 1997, uma ou duas vezes por ano a comercial da 312 Norte fecha para o show de algum grande artista nacional.

 

Além da biblioteca e das noites culturais, o Açougue T-Bone também organiza a Bienal da Poesia de Brasília e, a cada quatro anos, é passagem obrigatória para os candidatos ao cargo de governador do Distrito Federal, que participam de debates com o público.

 

Amanhã a gente sobe ao palco para falar sobre teatro.
 

 

* Com produção de Renato Lima

** Acesse aqui todas as reportagens do especial Brasília 60 Anos, que vai ao ar na Rádio Nacional e parceiras e também é publicado na Radioagência Nacional.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique