agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Auditores pedem prisão de mandantes da Chacina de Unaí

02:31 Direitos Humanos, Notícias 28/01/2016 - 16h08 Brasília Embed

Danyele Soares

Cerca de cem auditores fiscais do trabalho fizeram um ato em Brasília para lembrar os 12 anos da Chacina de Unaí. No Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, o grupo pediu a prisão dos mandantes do crime que terminou com a morte de três auditores do trabalho e um motorista.

 

Os manifestantes também querem celeridade no julgamento de recursos dos réus. Eles soltaram 12 mil balões pretos no céu da capital federal em homenagem aos colegas assassinados.

 

De acordo com o presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho, Carlos Silva, a categoria enfrenta diversos problemas no dia a dia, como a falta de pessoal.

 

Segundo ele, são 2.500 profissionais, mas,  segundo o IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada -, o país precisa de, pelo menos, 8 mil auditores. E ele alerta que o trabalhadores convivem com a insegurança.

 

O secretário-executivo adjunto do Ministério do Trabalho e Previdência Social, José Eduardo Lima, afirma que o órgão já solicitou ao Ministério do Planejamento a abertura de concurso e tem agindo para melhorar as condições de trabalho da categoria.

 

Sobre a segurança, o órgão informou que sempre que o auditor se sentir ameaçado antes de realizar uma fiscalização, deve pedir apoio dos órgãos de polícia. Mas reconheceu que nem sempre há efetivo policial suficiente para acompanhar os auditores.

 

A Chacina de Unaí aconteceu no dia 28 de janeiro de 2004. Três auditores fiscais do trabalho e um motorista do Ministério do Trabalho foram mortos quando investigavam uma denúncia de trabalho escravo. Dos sete envolvidos no caso, três foram condenados e presos em 2013 como executores do crime e os quatro mandantes foram condenados, mas recorrem em liberdade.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique