agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Nos 3 primeiros meses do ano, MT registra 12 casos de feminicídio

03:24 Direitos Humanos, Notícias 17/05/2019 - 11h09 Brasília Embed

Bianca Paiva

De janeiro a março deste ano o Mato Grosso registrou 207 homicídios. Destes, 24 envolvem vítimas do sexo feminino e 12 foram identificados como feminicídios, que é o assassinato de mulheres decorrente de violência doméstica ou por menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

 

Os casos tipificados como feminicídios, no primeiro trimestre, correspondem a 50% das mortes de mulheres no estado.

 

Os números são da Coordenadoria de Estatística e Análise da Secretaria de Estado de Segurança Pública e foram baseados em dados da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

 

O levantamento aponta que das principais ocorrências envolvendo vítimas do sexo feminino, de 18 a 59 anos de idade, no período de janeiro a abril de 2019, o crime de ameaça é de maior incidência e somaram 6.781.

 

Na comparação com o mesmo período, no ano passado, houve redução de 2% nas ocorrências. Os casos de lesão corporal somam 3.263, oito a mais em relação a 2018.

 

Para o delegado titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande, Cláudio Alvares Sant'Ana, as mulheres precisam entender e quebrar o ciclo da violência doméstica.

 

O delegado ressaltou que as denúncias de violência contra a mulher só vêm aumentando nos últimos anos graças à Lei Maria da Penha, que trouxe mais punição aos agressores e tratamento humanizado às vítimas.

 

A violência doméstica pode ser denunciada nas Delegacias Especializadas de Defesa da Mulher ou em qualquer delegacia. Em Mato Grosso, as mulheres vítimas ou familiares, amigos e vizinhos também podem buscar ajuda nos números 181, 197 e 190 e, no âmbito nacional o Disque 100. Lembrando que é possível denunciar e manter a identidade preservada.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique