agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Redes de solidariedade tentam diminuir impacto da Covid-19 entre indígenas

03:06 Direitos Humanos, Notícias 12/05/2020 - 16h54 Brasília Embed

Maíra Heinen

A Covid-19 se espalhou rápido pelo Brasil, atingindo famílias, profissionais e governos de forma drástica. Com as populações indígenas não foi diferente. As contaminações e o número de mortos nessas populações vêm crescendo e preocupam lideranças, porque historicamente, doenças respiratórias dizimaram muitos grupos indígenas.

 

Iniciativas de monitoramento e redes de solidariedade estão surgindo para minimizar o impacto da doença entre os povos tradicionais.

 

A Funai lançou recentemente uma campanha para reunir doações de empresas e distribuir às comunidades indígenas durante a pandemia. O edital com as regras está disponível no site da Funai.

 

O presidente da Fundação, Marcelo Xavier, falou sobre a iniciativa em entrevista à TV Brasil.

 

Para angariar mais recursos e aumentar as doações, a Funai sugeriu ao fotógrafo Sebastião Salgado leilão de 15 de suas 17 obras, que estão em domínio da Fundação há cerca de dois anos, para beneficiar comunidades indígenas. A ideia é que o valor arrecadado seja utilizado em prol dos povos indígenas no contexto da pandemia da covid-19.

 

Para evitar o agravamento dos problemas, a Secretaria Especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde antecipou a vacinação contra a gripe para o grupo específico.

 

O secretário de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Robson Santos, afirma que atualmente a maior preocupação tem sido manter o isolamento.

 

No Amazonas, a Aliança dos Povos para o Enfrentamento do Coronavírus monitora a situação de contaminações e disponibiliza dados em uma página da internet; leva informações às aldeias; além de doações de alimentos.

 

Em Pernambuco, a Rede de Monitoramento dos Direitos Indígenas também realiza ações de educação e informação nas áreas, além de arrecadar doações para garantir a sobrevivência das famílias.

 

Alexandre Gomes é antropólogo e integra a rede como apoiador. Ele destaca o que a rede tem feito. Iniciativas de doação de alimentos e outros materiais podem ajudar a manter os índios nas aldeias.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique