agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Campanha para doação de sangue LGBTI no RJ é prorrogada, e hospital atende até 31 de julho

02:42 Direitos Humanos, Notícias 08/07/2020 - 17h52 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

Ainda dá tempo de participar da campanha 'Sangue LGBTI também salva vidas'. A iniciativa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos foi prorrogada até o fim do mês. Após passar por quatro unidades de saúde do Rio de Janeiro, a campanha foi estendida ao Hospital Pedro Ernesto, em Vila Isabel, na Zona Norte carioca.


A superintendente de Políticas LGBT da Secretaria, Carol Caldas, comemora a inclusão de doadores da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexo.


A decisão que autorizou a doação dessas pessoas foi tomada pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal, em ação direta de inconstitucionalidade ajuizada pelo PSB, declarando inconstitucional a restrição.


O candidato a doador deve levar o documento original com foto, estar bem de saúde e ter entre 16 e 69 anos. Menores de 18 anos devem levar autorização assinada pelo responsável. Não é preciso estar em jejum, mas deve evitar alimentos gordurosos três horas antes, assim como bebidas alcoólicas nas 12 horas que antecedem o procedimento. O intervalo mínimo entre uma doação e outra é de dois a três meses.


Durante a pandemia, estão sendo seguidas as orientações de segurança, como o uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social dentro dos locais de doação de sangue.


Quem quiser doar sangue para a campanha 'Sangue LGBTI também salva vidas' pode ir até o Hospital Universitário Pedro Ernesto entre 8h e 15h, de segunda a sexta, até o dia 31 deste mês. O endereço é Boulevard 28 de setembro, 109, Vila Isabel. Por conta do isolamento social, as doações serão realizadas mediante agendamento pelo telefone (21)2868-8134.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique