agario unblocked agario

Leilão de energia contrata 3 gigawatts em 91 novas usinas

01:30 Economia, Notícias 18/10/2019 - 21h58 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O leilão de energia que aconteceu nessa sexta feira, em São Paulo, resultou na contratação de uma potência de 3 gigawatts em novas usinas de energia.

 

São usinas hidráulicas, eólicas, solares e termelétricas que têm a previsão de entrar em funcionamento em 2025.

 

Ao todo, serão 91 empreendimentos em todo o país, e investimentos de R$ 11 bilhões para a construção das usinas.

 

Venceram o leilão as geradoras que cobraram o menor preço pela energia produzida. O preço médio do megawatt ficou em R$ 176, um deságio de 34% em relação ao preço inicial.

 

A expectativa da diretora da Aneel, Agência Nacional de Energia Elétrica, Elisa Bastos, é de que o valor negociado signifique energia mais barata no futuro.

 

“A expectativa é que de fato, com leilões que têm preços cada vez menores, a gente consiga diminuir um pouco o peso que é a aquisição de energia na parcela de tarifa de energia elétrica”.

 

O leilão vai propiciar contratos de fornecimento de energia que podem durar até 30 anos, no caso das hidrelétricas; 20 anos, no caso das energias eólica e solar; e 25 anos no caso das termelétricas.

 

O total de energia negociada fica na casa dos 250 mil gigawatts, ao valor de R$ 44 bilhões. Mais da metade desse total foi comprado por apenas duas distribuidoras: a Light e a Cemig.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique