agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

No Imposto de Renda, viúvos têm que declarar o espólio do cônjuge falecido

02:26 Economia, Especiais 20/03/2020 - 21h27 Brasília Embed

Lana Cristina

A contribuinte que ficou viúva ou o contribuinte que ficou viúvo no ano passado, já tem que declarar neste exercício. Ou seja, na declaração do Imposto de Renda 2020. É o que se chama de Declaração de Espólio.

 

Declarar o espólio é obrigatório no decorrer do processo de inventário e depois do inventário concluído e também se os bens e rendimentos advindos dele se enquadrarem nas condições de obrigatoriedade para acertar as contas com o Fisco. São três tipos: declaração inicial, intermediária e final de espólio.

 

Isso porque, mesmo que o inventário não tenha sido concluído ainda, é preciso declarar todos os anos o espólio da pessoa que morreu, ou seja, o levantamento dos seus bens, direitos e obrigações. Até concluir o processo.

 

No inventário, além do parceiro ou parceira que fica viúvo ou viúva, os bens são divididos entre outros herdeiros, como filhos e outros dependentes. Herdeiros também têm que declarar esses ganhos em suas declarações.

 

Quando alguém morre, seu patrimônio se torna uma única coisa e é automaticamente transferido aos herdeiros. Mas, para isso, é necessária uma formalização, ou seja, o processo de inventário. E, além de bens, também é feito o levantamento das dívidas da pessoa que morreu. Mas como é enquadrar isso no Imposto de Renda?

 

No curso do inventário, o viúvo ou viúva apresenta a declaração do IR com o seu número de inscrição no CPF, e informa os bens e rendimentos próprios, e ainda aqueles provenientes de bens não integrantes do inventário do cônjuge falecido. Há a opção de tributar 50% dos rendimentos produzidos pelos bens comuns na sua declaração ou integralmente na declaração do espólio.

 

E depois que o inventário se concluiu, se, por exemplo, for esse seu caso contribuinte, e isso aconteceu no ano passado, então, é a hora da declaração final de espólio.

 

A declaração final de espólio, aliás, é obrigatória mesmo que o contribuinte não tenha se enquadrado na obrigatoriedade de apresentar a declaração inicial e a intermediária. Se havia bens a inventariar, ela tem que ser apresentada.

 

Em outros programas daremos mais informações sobre a Declaração de Espólio. Fique ligado!

 

 

Simplificando o Imposto de Renda: programete produzido e veiculado pela Radioagência Nacional e a Rede Nacional de Rádio, de segunda a sexta, durante o período de entrega da declaração do Imposto de Renda 2020. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique