agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Pandemia aproxima agricultura familiar de grandes supermercados

02:34 Economia, Notícias 04/04/2020 - 16h50 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

Pequenos produtores rurais do Rio de Janeiro estão recebendo apoio para conseguir comercializar suas produções diretamente com grandes redes de supermercados da capital fluminense. 

 

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento iniciou uma parceria com associações de supermercados para que esses produtores - boa parte deles, familiares - consigam escoar suas produções diante das restrições com a pandemia do novo coronavírus. 


Esse agricultores geralmente vendem seus produtos em feiras, pequenos mercados e também fornecem para escolas.  Muitos, no entanto, têm tido dificuldades com as restrições em algumas cidades.

 

Apesar de toda o setor de abastecimento ter ficado de fora das restrições impostas pelo governo do estado para conter a disseminação do vírus, o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz, reconhece que as compras em pequenos estabelecimentos diminuíram.

 

De acordo com o secretário, a ideia é qualificar e dar suporte a esse produtor o mais rápido possível para que ele se encaixe dentro das especificações exigidas pelos supermercados. O secretário ainda ressaltou que a crise na saúde abriu uma oportunidade que pode se transformar numa política pública.

 

"Isso é uma política pública para o futuro. Na crise, a gente tenta ver alguma oportunidade que gere um mercado sólido".

 

A gerente geral da Unacoop, União das Associações e Cooperativas de Pequenos Produtores Rurais do Estado, Margarete Teixeira, afirma que essa abertura para venda direta a grandes redes é histórica.

 

Segundo ela, para um produto do agricultor familiar ser vendido nesses locais atualmente, precisa passa por cerca de quatro a cinco intermediários, o que encarece o preço para o consumidor final.

 

Teixeira lamenta, contudo, que essa oportunidade só tenha surgido em um momento de crise da saúde, mas acredita que o canal vai permanecer aberto.


"Se a gente trabalhar com qualidade e seriedade, é um canal novo que está surgindoo para nós da agricultura familiar". 

 

De acordo com a Secretaria de Agricultura, o primeiro negócio foi fechado entre uma grande rede de venda virtual e associações de produtores da Região Serrana, que vai possibilitar a venda de alimentos da linha hortifrutigranjeiros. Outra venda foi fechada com uma rede de supermercados da capital.

 

* Texto alterado às 14h46 de 06/04/20 para correção de informação. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique