Arrecadação de impostos federais em abril caiu 28% em relação ao mesmo mês de 2019

01:44 Economia, Notícias 21/05/2020 - 13h54 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

A crise causada pela pandemia do novo coronavírus derrubou a arrecadação de impostos federais em quase 1/3 em abril deste ano se comparado com o mesmo mês de 2019.

 

Foram arrecadados pouco mais de R$101 bilhões no mês passado contra R$139 bilhões em abril do ano anterior. Isso representa uma queda de 28,9% em termos reais, já descontada a inflação acumulada no período.

 

Esse é o pior resultado em 14 anos, desde 2006.

 

Segundo a Receita Federal, a queda na arrecadação está associada, principalmente, a suspensão da cobrança de tributos durante a crise; ao maior volume de créditos tributários concedidos as empresas e, também, a redução a zero da alíquota do Imposto de Transações Financeiras, o IOF, sobre operações de créditos.

 

O chefe do Centro de Estudos tributários da Receita, Claudemir Malaquias, destacou que se não fossem essas mudanças consideradas atípicas, a arrecadação teria um pequeno aumento em relação a abril de 2019.

 

Foram mais de R$35 bilhões a menos de receita só com o adiamento de tributos, medida tomada para amenizar os efeitos da crise.

 

Esse adiamento representa 92% da queda na arrecadação no mês de abril.

 

Já no acumulado de janeiro a abril deste ano, a queda nas receitas é de 7% se comparado ao mesmo período do ano passado.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique