agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Desemprego atinge 27,1% dos jovens brasileiros no 1º trimestre

02:11 Economia, Notícias 15/05/2020 - 12h15 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A taxa de desemprego entre os jovens brasileiros de 18 a 24 anos de idade ficou em 27,1% no primeiro trimestre deste ano, bem acima da média de 12,2% do país no período. Este comportamento foi verificado nas cinco grandes regiões, com destaque para o Nordeste, onde a estimativa foi de 34,1%.

 

Os dados são da Pnad Contínua, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua, divulgada nesta sexta-feira pelo IBGE. A pesquisa mostra que o desemprego entre os jovens cresceu em relação ao último trimestre de 2019, quando a taxa era de 23,8%.

 

Segundo a analista da pesquisa, Adriana Beringuy, o crescimento é esperado devido às dispensas de trabalhadores temporários contratados para o período de final do ano. Ela explica que a maior parte dos temporários dispensados são jovens, o que faz com que a queda no nível de ocupação seja maior nesta faixa.

 

Outro dado da pesquisa é que no primeiro trimestre do ano, o desemprego atingiu 14,5% das mulheres brasileiras, acima da taxa de 10,4% observada entre os homens no mesmo período.

 

Entre os que se autodeclaram brancos, o desemprego ficou em 9,8%, bem abaixo dos 14% entre as pessoas pardas e dos 15,2% entre as pretas.


Para o contingente de pessoas com ensino médio incompleto, a taxa ficou em 20,4%, superior à verificada para os demais níveis de instrução. Aqueles com nível superior completo registraram uma taxa de 6,3%.


As maiores taxas de desemprego no primeiro trimestre deste ano foram registradas na Bahia, Amapá, Alagoas e Roraima. Já as menores foram em Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Paraná.

 

Na comparação com o último trimestre de 2019, a taxa de desemprego cresceu em 12 locais, permanecendo estável nas outras 15 unidades da federação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique