agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Pesquisa da CNI mostra que redução da demanda afetou mais de 1,2 mil empresas durante a pandemia

04:04 Economia, Notícias 14/05/2020 - 08h31 Brasília Embed

Dayana Vítor

Quase todo nós deixamos de comprar uma série de itens agora na quarentena, seja porque evitamos sair de casa ou por não precisarmos mesmo. Mas, sabia que um levantamento mostra que esse comportamento atingiu em cheio a renda das indústrias?

 

Segundo pesquisa da CNI- Confederação Nacional da Indústria realizada com 1.740 empresas industriais, entre 1º e 14 de abril, 70% tiveram queda no faturamento, por causa da redução da demanda.

 

Agora que quase não saímos de casa, não compramos mais tantas roupas e nem calçados. As indústrias que fabricam esses produtos foram as que mais sentiram a queda nos pedidos.  Depois foram as de móveis, impressão, reprodução e têxteis. Tudo porque estamos cautelosos em relação as compras de itens que não são essenciais, segundo a pesquisa.

 

O gerente executivo de economia da CNI, Renato da Fonseca, destaca os únicos setores que não apresentaram redução da demanda. 

 

Como a lei da oferta e procura manda na economia, 76% das indústrias tiveram que reduzir ou parar a produção de itens, por causa da baixa procura. Devido a pandemia da Covid-19 e da queda da demanda, a maiora das empresas afastou empregados com sintomas da doença, estabeleceu o trabalho em casa ou concedeu férias.

 

Apesar de estarem produzindo menos, essas indústrias precisam continuar pagando as contas, mas 59% não conseguiram honrar seus compromissos de abril.

 

Para resolver esse problema. várias empresas tentaram capital de giro, mas 55% relataram que esse dinheiro ficou mais difícil.

 

O gerente executivo de economia da CNI, Renato da Fonseca, esclarece que essa dificuldade vem do fato dos bancos terem receio da falência das empresas.

 

Outro problema enfrentado por 77% das indústrias foi a dificuldade para conseguir insumos e matérias-primas por causa da queda na produção desses itens. Teve ainda as restrições impostas pelas prefeituras para conter o avanço do coronavírus.

 

Ainda de acordo com a pesquisa, o fechamento da entrada das cidades e a suspensão das atividades comerciais ao longo das rodovias afetaram o transporte rodoviário e levaram à redução da movimentação de cargas. Os caminhoneiros chegaram a reclamar da falta de estrutura, como restaurantes e postos de descansos,  para que pudessem continuar trabalhando.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique