agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Sob influência de medidas de distanciamento, setor de serviços recua 11,7% em abril

02:12 Economia, Notícias 17/06/2020 - 12h21 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

O setor de serviços teve queda de 11,7% em abril, na comparação com março, ainda sob forte influência das medidas de distanciamento social para conter o contágio da Covid-19. Esse é o terceiro recuo consecutivo e o mais intenso desde 2011, quando o IBGE iniciou a série histórica da Pesquisa Mensal de Serviço.

 

Os resultados de abril foram divulgados nesta quarta-feira (17) e, segundo o instituto, mostram que, nestes três meses de retração, o setor acumula uma perda de 18,7%. Em relação a abril do ano passado, a queda foi de 17,2%.

 

Todas as cinco atividades investigadas tiveram quedas recordes, com destaque para transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio; e serviços prestados às famílias.

 

De acordo com o gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, a perda de receita em hotéis e restaurantes se aprofundou no mês de abril, mas, apesar de a queda nos serviços prestados às famílias ter apresentado maior destaque, foi o setor de transportes que mais impactou negativamente em abril, devido ao seu peso na pesquisa.

 

Lobo explicou que, além da perda das receitas no transporte aéreo de passageiros e no transporte rodoviário coletivo de passageiros, se observaram quedas no transporte rodoviário de carga, operação de aeroportos, concessionárias de rodovias e metroferroviário de passageiros.

 

A pesquisa ressalta que, em abril, a queda nas atividades turísticas também se intensificou, chegando a 54,5% em relação a março. Setores de transporte aéreo de passageiros, restaurantes e hotéis foram os mais afetados, agravando suas quedas porque a paralisação dos serviços não essenciais atingiu todo o mês de abril, enquanto em março foram 10 dias parados.

 

Regionalmente, 26 das 27 unidades da Federação tiveram recuos entre marco e abril, com destaque para as perdas de São Paulo e Rio de Janeiro, que sofreram pressão negativa, principalmente dos segmentos de alojamento e alimentação.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique