agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Escolas públicas de SP retomam aulas com ensino à distância

04:02 Educação, Notícias 27/04/2020 - 07h32 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

As férias antecipadas em função da pandemia do coronavírus chegaram ao fim e, nesta segunda-feira (27), estudantes dos ensinos médio e fundamental da rede pública do estado de São Paulo retomam o ano letivo, mas as aulas vão ser à distância. No lugar da lousa, televisão, computadores e telefones celulares. Mas às vésperas do retorno, ainda há muitas dúvidas sobre como tudo isso vai funcionar.

 

Pedro Cortéz, de 8 anos, é um dos alunos que vão começar a nova rotina. Mas a mãe, Fiama Cortez, que também está fazendo as aulas da faculdade pelo telefone celular, não acredita que o filho esteja preparado para o ensino à distância.

 

"Eu que tenho 27 anos tenho achado difícil, imagina para crianças que não focam muito no que estar no celular e no computador... vão acabar não entendendo".

 

Fiama também destaca a estrutura que o novo formato exige. 

 

"Eu tive que comprar um celular maior porque o outro tinha pouca memória e a tela era pequena. Ficava difícil de ler as letras".

 

A família não conta com computadores e nem sempre o wi-fi está disponível na região de Paraisópolis, onde eles moram. Na página do Facebook do Centro de Mídias da Educação de São Paulo - responsável pelos conteúdos que serão distribuídos online - pais, mães de alunos e mesmo professores listam várias dificuldades parecidas com as de Fiama.

 

Para o professor da Faculdade de Educação da USP e integrante da rede da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, retomar o calendário escolar dessa forma não vai funcionar

 

"Na realidade, a gente não pode fingir que ensina porque os estudantes não vão fingir que aprendem. A educação à distância exige projeto pedagógico e treinamento de professores e alunos".

 

Daniel Cara acrescenta que educação à distância pode complementar o ensino presencial e em tempos de pandemia é uma ferramenta de aproximação.

 

"Neste momento, ela pode ser uma ferramenta de contato com os alunos, desde que isso seja construído por parte das comunidades escolares. Decisões das secretarias, de cima para baixo, não vão funcionar".

 

Segundo a Secretaria Estadual da Educação, o aplicativo do Centro de Mídias já está disponível para acesso desde o começo do mês e o uso do software não vai consumir dados dos usuários, resultado de uma acordo do governo paulista com as empresas de telefonia.

 

A secretaria também esclareceu que os professores fizeram o planejamento de aulas e receberam treinamento para usar as ferramentas de ensino à distância. Já os estudantes que não tiverem acesso à Internet ou televisão vão receber apostilas para acompanhar o conteúdo do ano e a secretaria disse que vai tomar medidas necessárias para ajudar quem não conseguir acompanhar o ano letivo.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique