agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Conheça a história de Ana Néri, primeira enfermeira do Brasil

02:23 Geral, Programetes 20/05/2015 - 07h30 Brasília Embed

Apresentação Carmen Lúcia

Há 135 anos, morria Ana Néri, a heroína brasileira que prestou serviços voluntários nos hospitais militares de Assunção, Corrientes e Humaitá, durante a Guerra do Paraguai.

 

Nascida em Vila da Cachoeira do Paraguaçu, na Bahia, Ana Justina Ferreira se casou aos 23 anos com o capitão de fragata da Marinha, Antônio Isidoro Néri, do qual adotou o sobrenome.

 

Os dois mais velhos se formaram em Medicina o mais novo seguiu carreira militar.

 

Com a deflagração da Guerra do Paraguai em 1865, os filhos de Ana Néri foram convocados. Inconformada com a separação, ela escreve ao presidente da Província da Bahia, o conselheiro Manuel Pinho de Sousa Dantas, oferecendo seus serviços como voluntária para cuidar dos feridos.

 

Aceito o pedido, viajou até o Rio Grande do Sul onde aprendeu com as irmãs de caridade da irmandade de São Vicente de Paulo noções básicas de enfermagem, tornando-se a primeira mulher enfermeira do Brasil.

 

Apesar da falta de condições, pouca higiene, falta de materiais e excesso de doentes, Ana Néri chamou a atenção, por sua dedicação ao trabalho como enfermeira, por todos os hospitais onde passou.

 

Em Assunção, Capital do Paraguai, durante o cerco das tropas brasileiras montou uma enfermaria modelo. Com o fim do embate, em 1870, Ana Néri volta ao Brasil, trazendo três órfãos de guerra.

 

Sua atuação foi destacada pela imprensa e Ana Néri foi homenageada com a Medalha Geral de Campanha e a Medalha Humanitária de Primeira Classe. Além das homenagens, recebeu por decreto do imperador Dom Pedro Segundo, uma pensão vitalícia.

 

Getúlio Vargas, instituiu em 1938, o Dia do Enfermeiro, a ser celebrado, em 12 de maio. Segundo o decreto, na data devem ser prestadas homenagens especiais a Memória de Ana Néri em todos os hospitais e escolas de enfermagem do país.

 

E em 2009, seu nome, Ana Justina Ferreira Néri, é assentado no livro dos Heróis da Pátria, depositado no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília, capital da República.

 

* Texto e áudio corrigidos no dia 06-03-2018.  12 de maio marca também o Dia Mundial do Enfermeiro, em referência ao nascimento de uma enfermeira pioneira no tratamento a feridos de guerra – Florence Nightingale.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique