agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Zika pode ter causado mais de 1,7 mil casos de microcefalia

02:49 Geral, Notícias 08/12/2015 - 19h13 Rio de Janeiro Embed

Tâmara Freire

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou nesta terça-feira (8) que não há problema mais grave no Brasil do que a proliferação do vírus zika, que já pode ter causado mais de 1,7 mil casos de microcefalia em todo o Brasil. Ele ressaltou que o governo federal decretou estado de emergência por causa do vírus, o que permite a adoção de medidas urgentes, como a compra de remédios sem licitação, caso seja necessário. Mas, no momento, a principal estratégia é o combate aos focos do mosquitos.

 

O ministro informou, durante lançamento de uma campanha de combate ao mosquito no Rio de Janeiro, que o governo também tem investido em pesquisas para evitar que o Aedes aegypt se reproduza ou anular sua capacidade de transmissão viral.

 

Enquanto isso, o governo do estado do Rio volta a pedir a contribuição da população, com o lançamento da campanha Dez Minutos Salvam Vidas. O apelo é para que as pessoas dediquem dez minutos semanais para vistoriar suas casas e eliminar possíveis focos do mosquito, que além de transmitir o zika vírus também já provocou mais de 61 mil casos de dengue neste ano no estado.

 

O governador Luiz Fernando Pezão defendeu maior repasse de verbas para que os municípios consigam desenvolver ações locais de combate ao Aedes.

 

A Secretaria Estadual de Saúde reforçou que, entre 70 e 90%, dos focos de mosquito são encontrados dentro das residências. E reforçou ainda a importância das grávidas redobrarem os cuidados, já que a microcefalia se desenvolve quando a mãe é infectada pelo vírus zika durante a gestação. Por essa razão, o estado determinou que todos os casos de grávidas que apresentem manchas avermelhadas na pele devem ser notificados de maneira obrigatória para acompanhamento.

 

Ao longo do ano, 23 casos de microcefalia associada ao vírus zika já foram confirmados no estado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique